Arquivo do mês: janeiro 2021

Abstração poética – Por Mozileide Neri

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
Ficha técnica: Mozileide Neri Desequilíbrio linear Mista sobre tela 25 x 35 2017 Acervo particular de Maura Santiago (RJ) Abstração poética Fio a fiocaminho sobre trilhosrisco coressobre vidro. Fio a fiotenho a pele cobertade…

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Limbo azul da Prússia – Por Jenis

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
Ficha técnica: JenisO dia depois de amanhã, 2018Fotografia digital Limbo azul da Prússia – Por Jenis A madrugada madruga em sua própria madruguês. (Pesquiso a palavra “madruguês”. Pra quê, se eu já sabia que…

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Cortejo – Por Daniel Pissetti Machado

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
Números desconhecidos de celularTestam seu tempo de respostaE sua paciênciaÉ um dos preços de se estar sob supervisão federalOs grandes cortejosDos homens mortosGargalham nas sombras DPM

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Silêncio – Por Priscila Monteiro Santos

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
Morning Sun, 1952. Pintura de Edward Hopper. Silêncio – Priscila Monteiro Santos (priscmonteiro.wordpress.com) ??????????????????????? Quando a casa esta vazia e a mente descansada, existe um som estranho, demoro a perceber que barulho é aquele…

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Trechos da minha impaciência XVIII by Hang Ferrero

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
não desejo a manipulação do meu espírito. preciso de um tempoalargado no próprio tempo; peço que seja lento, ‘lentificado’,para a reorganização e deleite do pensamento. estoudispensando acordos mentais coletivos; quero-me são, disruptivo. perdoem-me os…

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Por Chilo

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros Ver o post original

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Poesia aquarelada – Por Mozileide Neri

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
Mozileide NeriSem título (série em processo)Nanquim e spirulina sobre papel reciclado21 x 29 cm2021 Poesia aquarelada Recaia sobre mima frágil fenda,cortante como uma navalha,leve como um sorriso. A chuvasobre a pelecausava ruído nostálgicodo nada.…

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Sofreguidão infundada – Por Jenis

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
Sofreguidão infundada Jenis Sinto a falta da pressão na minha boca do cheiro forte de perfume borrifado só pra mim Sinto falta do calor emanado em pele quente dos toques suaves nas minhas costas…

Publicado em Uncategorized | 5 Comentários

Por Chilo

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros Ver o post original

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

A dançarina – Por Priscila Monteiro Santos

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
The Singing Butler – Jack Vettriano A dançarina – Priscila Monteiro Santos (priscmonteiro.wordpress.com) ?????????????????????? Ela dançara a noite inteira, dançou tanto que acordou com os pés doendo, dançava e amava. Amava como o vento…

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Do bacalhau ao elo. By Nicole Guimarães

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
Em http://www.entreconversaseflores.com Totalmente avessa à cozinha e sem dotes culinários, me peguei fazendo três receitas da família: pizza com massa de batata, rabanada e bacalhau à portuguesa. Não sei o que deu em mim.…

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Leitura – Por Odilon Machado de Lourenço

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros Ver o post original

Publicado em Uncategorized | 3 Comentários

Por Daniel Pissetti Machado

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
Meu canto da realidade é a garagem da minha casa. Fico ali com meus segredos observando o outro lado do mundo. Causa espécie perceber que todas as coisas falam, inclusive o vento. É uma…

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Deus não tem caixa postal – Por Priscila Monteiro Santos

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
A Criação de Adão. Afresco de Michelangelo Buonarotti. Deus não tem caixa postal – Priscila Monteiro Santos (priscmonteiro.wordpress.com) ???????????????????? A música que julgo clássica tocando na vitrola, a bolsa vermelha de bolinhas brancas feita…

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Destino – Por Daniel Pissetti Machado

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
Do átomo ao arcanjo, os seres evoluem reencarnando milhões de vezes.Por todos os Ciclos conhecidos.Uma existência por vez.O tempo, infinito, é curto. Voa.Passarás um quarto de sua vida procurando sons, reverberações.Até que encontre sua…

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Olhares mudos -Por Priscila Monteiro Santos

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
De Dois Namorados Encapuzados – René Margritte Olhares mudos – Priscila Monteiro Santos (priscmonteiro.wordpress.com) ???????????? No fim a vida foi o que aconteceu naquele intervalo em que o amei e por mais que tente,…

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Crônica do mundo paralelo by Hang Ferrero

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
uma tralha, um atravessamento, mas o especialista sugere furar a bolha – mas não antes de regar a samambaia. pisar na calçada e enfrentar o dia. putz! vejo uma falha; cadê todo mundo? toda…

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Parasitas – Por Ian Plat

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
viver é comprarpeçam emprestadose endividemcalotes só quando extremamente necessáriosnada de seguir as regras do espírito protestante“tempo é dinheiro”“quem poupa tem”“mais vale um pássaro na mão que dois voando”afinal, quem quer saber de poupança e…

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário