Arquivo do mês: novembro 2020

Motivos by Odilon Machado de Laurenço

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Sempre Ela – Por Daniel Pissetti Machado

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
Ela era tudo o que ele precisavaUm amorMesmo sem saber ao certo onde pertenciaSe em si, ou no outroUm sentimento de que o medo acabouQuebrado por dentroA transmutação do serFareja novas mudançasTanto na carne…

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Se tudo fosse velcro – Por Priscila Monteiro

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
Se tudo fosse velcro – Priscila Monteiro Santos (priscmonteiro.wordpress.com)O cadarço, hoje era tudo que ela tinha os cadarços, velhos, encardidos, com as pontas desfiadas, mas ao mesmo tempo firmes, fortes, enlaçando o pé dentro…

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Um bom poema para o dia.

Publicado originalmente em Um jardineiro poeta:
Um jardineiro poeta Ver o post original

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Ônibus – Por Priscila Monteiro

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
Ônibus – Priscila Monteiro Santos (priscmonteiro.wordpress.com) ??????????? Cúmplice ela olhava para ele, sem entender bem se seu olhar era de apreço ou simples descaso, vez por outra parecia um indício de curiosidade, mas morria…

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Duelo de espadas – Por Chilo

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
Contam aqueles que conheceram o vencedorNa estrada do lago se encontraramA luta esperava o encontro desde muitoHonras feridas levavam no coraçãoAs espadas marcaram árvoresNa relva estraçalhada o sangueSangue de dois homens, dois clãsO vencedor…

Publicado em Uncategorized | 3 Comentários

Todos os passos – Por Daniel Pissetti Machado

Publicado originalmente em MasticadoresBrasil/ 100 poetas brasileiros:
Todos os passos que damosSão sincronizadosAlgoritmicamenteEu adoro ver você ao meu redorE eu posso ver você agoraCorrendo para mimCom os braços abertosAté o horizonte DPM

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário