Precário – Por Ian Plat

MasticadoresBrasil

IMG-20200620-WA0024

Produzir é preciso, viver não é preciso. Não a dignidade nem preservação da vida humana preciosa. A truculência atabalhoada de voltar custe o que custar, custe milhares de vidas humanas. A vida é de graça, mas é preciso ganhá-la de novo e de novo, todos os dias, e nunca está garantida. É assim que nos querem ver, correndo todos pra todos os lados pela prosaica sobrevivência. Como se tudo isso fosse indispensável, pra manter mercadorias nas prateleiras. Só a vida é dispensável. Valor. Valores. Vale mais o que é banal, um dia banal, igual, anos a fio. Impossível parar, repousar, contemplar, sanear a vida, o que é precioso aqui e agora. O principal é salvar o Deus máquina, alimentá-lo com nossas vidas em rituais cujo único sentido é uma renda no final do mês. O que a vida quer da gente é sacrifício. Sacrifício como ofício. Quem dera ser uma…

Ver o post original 19 mais palavras

Sobre Poeta da Garrafa

Sou o Poeta da Garrafa. Odilon Machado de Lourenço nascido no pampa, ventado em minuanos, procurador de esmos e lonjuras. O que busca caminhos e olhos, palavras e sonhos. O que segue no claro do sol e da lua, o que navega e silencia à beleza. O que lavra a terra, águas e céu, plantador de passos, horizontes, sementes de amor e ternura. O que vai a colher miragens, tomar sombras, redemoinhar sem leme. Sou a distância dos dias e das noites que andam comigo contemplando o mundo. Sou brumas revoadas pelo som das auroras, amanhecido de velhas histórias e delírios. O veio, o nascedouro de uma loucura, mas sou sublime se contemplares meus olhos e ouvir meus sentidos. Sou folheador de paisagens, miscigenado brasileiro da Latino América, ouvidor de marulhos e brisas, caçador de estrelas. Olhador de fogueiras, enritmado de blues, samba e versos. Sou uma deriva com porto.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Precário – Por Ian Plat

  1. fulvialuna1 disse:

    La nostra è una società votata al dio denaro, e dove c’è lui i valori si perdono.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s