Arquivo do mês: julho 2019

Nascer d’aurora

Nesta manhã de julho Agrada-me o silêncio cortado pelos galos Sereno gelado escorre pelos galhos Sol chega de manso Inverno não abre assim todas as portas Mansamente o rei irradia suas licenças Entre o nublado das nuvens Naquilo que lhe … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Artesanato para Violante

Escrever a palavra amor Amor entalhado na madeira Entalhar entranhas do verbo Amor entalhado Amor livremente esculpido Como abraço bem dado Abraço de jamais esquecer.

Publicado em Uncategorized | 4 Comentários

Xícara de chá

Guaco a erva Folhas mescladas ao açúcar Algo bom desde o aroma Simples como o gesto de beber água Elegante aos lábios de Otília.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Ao sol do inverno

Colho laranjas dentro da tarde Frutas maduras acolhem minhas mãos Imagino-as terra Terra plantada Sementes germinadas Faço-me pássaro e vôo da árvore Laranjeira ensina-me do amor.

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Algo sobre amor

Hoje teu nome ainda vem pela manhã Sinto nos raios do sol tuas mãos tocando minha boca Vens nos gomos da laranja que mordo como se fosse tua carne Mesmo que me escondas O vento insiste a dizer que me … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Retrato de mulher

Jamais esquecerei quando chegaste Trançados seus cabelos seguravam algo Talvez um barco num porto distante Os lábios na cor da flor mais bela insinuavam teu rito Nos ombros a elegância pedia beijos Insinuantes todos os teus poros Olhavas com amor … Continuar lendo

Publicidade

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Vento de julho

Árvores adormecem invernias Gemas vertem vozes de caules Brotos vindouros são as pontas das adagas Lenhas queimadas desvelam fumaças Nobres os aromas lançados ao ar Chamas elevam-se à beleza da noite Fogueiras ventadas nas luas de amor.  

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Conectado

Longe de minhas ausências Em abraços do acaso Em alguma esquina vão meus passos Nos lugares ermos do meu peito Em cada flor colhida por meus olhos Nos ventos frios do inverno No cheiro do chá esfriando sobre a mesa … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 4 Comentários

Olhar de dentro

No amor, quantas vezes amei Quantas vezes amei como quem olha uma flor Flor assim num dia lindo Com água de lagoa e mares de sol Flor que cabe na mão No olhar Na estrela Flor que um dia foi … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Ocaso de alguma coisa

Esta  noite respiro o som das estrelas Silêncio na mata sem ventos Acordo mudo na fauna Ouço o coração reciclando a vida Agrada-me a cor das saliências Móveis, árvores, a torre da caixa d’água Este escuro tão claro, bom de … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Entrada para mar

Olhos vindos da paz Lagos verdes Azuladas pedras incendeiam o leito No entorno maciez de areias Flores rosáceas iluminam a borda O envolto das águas, dos lábios Rosas os pássaros nos braços Na larga tarde sol desenha sombra nas dunas … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Terra para nascer

Alguma coisa da terra veio à mão Olhando assim meio de chofre espantou-se Não sabia se era pele ou era terra Tinha umas raízes de vidas nascentes Sol quente dava cor, água dava ânimo Enfiava semente, saía planta Vento levava … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 5 Comentários