UNA POESIA PER LA SERA di Natale Pace e Dora Levano

Convido para a leitura desse poema publicado no Blog UNA POESIA PER LA SERA di Natale Pace e Dora Levano.
Abraços e boa leitura.

Circolo16

ODILON MACHADO DE LOURENCO

Boa noite sr. Natale!

Envio um poema para que publiques em seu blog.

Gratidão pela gentileza.

Odilon Machado de Lourenço

 

(Buonanotte signor Natale!

Mando una poesia da pubblicare sul tuo blog.

Grazie per la gentilezza.

Odilon Machado De Lourenco)

odilon machado de lourenco

DELIRIO

AO AMIGO ALEXANDRE RUSZCZYK.

“Só os loucos, os poetas e os bêbados conseguem fugir do tempo”.

Mário Quintana

(All’amico Alexander RUSZCZYK.

“solo i pazzi, poeti e ubriachi possono sfuggire al tempo.”

Mario Quintana, Ohio)

Em qual noite nasceste nos sonhos?                                              

Tufonando em espiral tumultuoso vem

ao sol e lua bebendo teu veneno vem

esgueirando um brilho vem

numa dança de vapores vem

como fogo e vinho vêm

bailando astros acima da noite vêm

na rua ilusória de um lugar desconhecido vem

numa cidade de mortos vem

dos longes voltando abraçado nos ventos vem

aos desertos voando vem

nas selvas recobertas de estrelas espelhadas vem

adentrando…

Ver o post original 947 mais palavras

Sobre Poeta da Garrafa

Sou o Poeta da Garrafa. Odilon Machado de Lourenço nascido no pampa, ventado em minuanos, procurador de esmos e lonjuras. O que busca caminhos e olhos, palavras e sonhos. O que segue no claro do sol e da lua, o que navega e silencia à beleza. O que lavra a terra, águas e céu, plantador de passos, horizontes, sementes de amor e ternura. O que vai a colher miragens, tomar sombras, redemoinhar sem leme. Sou a distância dos dias e das noites que andam comigo contemplando o mundo. Sou brumas revoadas pelo som das auroras, amanhecido de velhas histórias e delírios. O veio, o nascedouro de uma loucura, mas sou sublime se contemplares meus olhos e ouvir meus sentidos. Sou folheador de paisagens, miscigenado brasileiro da Latino América, ouvidor de marulhos e brisas, caçador de estrelas. Olhador de fogueiras, enritmado de blues, samba e versos. Sou uma deriva com porto.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s