Arquivo do mês: maio 2017

Um presente para Elisa

Poderia dar-te meu sangue e virar átomo em teu corpo Poderia dar-te o que guardava comigo do tempo dividido aos teus olhos Mas não! Dou-te as minhas palavras O meu amor mais eterno.

Publicado em Uncategorized | 4 Comentários

Vento de pedra

Na estátua as mãos de pedra seguram um pão. Incrustado o momento de imagem pra sempre Um desejo imortal da ternura nos olhos de pedra Tempo soldado na pele talhada de pedra Gesto contido na forma sem voz do férreo … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Caroneiro de nadas

Segue a sensação despertada nas pedras A sombra alheia à extensão da estrada Na brisa retêm-se a distância do ontem A poeira carcome a odisseia das horas Impávido o horizonte se estende no azul e no verde Imensidões desesperam o … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Bougainville

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Gavinhas

Publicado em Uncategorized | 4 Comentários

Primeiras cores

Publicado em Uncategorized | 8 Comentários

Sol de muito longe

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Hotel Dora

“SOU UM ESTRANGEIRO, E JÁ PERCORRI O MUNDO DO ORIENTE AO OCIDENTE SEM ENCONTRAR A MINHA TERRA NATAL, NEM QUEM ME CONHEÇA OU SE LEMBRE DE MIM.” Gibran Kalil Gibran. Lá estava ele no escuro do quarto Era um dia … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 6 Comentários

Anúncio da rebeldia

PARA LAURENCE. Andas então pelos teus caminhos Acolhe as visagens desse tempo Entre luas e sóis percorres bravamente passos de teus olhos E vê muralhas e presídios, guerras e fomes Buscas então pelos teus caminhos Levas contigo a honra dos … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Caminhos aéreos

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Ave despreocupada

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Lugar para condutor

Publicado em Uncategorized | 4 Comentários

Outonal sonho dos plátanos

As folhas dos plátanos e o outono dos sonhos Os sonhos e as folhas dos plátanos no outono No outono os sonhos nas folhas dos plátanos Nos sonhos dos plátanos as folhas do outono As folhas dos sonhos nos plátanos … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Águas para longe

PARA O AMIGO CLAUDIO CARDOZO. Quero andar para um rio Ver verde de campos… Matas plantadas no céu… Ouvir pássaros, águas nervosas, montanhas caladas… Correr no inviolável silêncio dos meus olhos! Abandonar-me sobre as pedras Observar liquens, lagartos ligeiros… Novas … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Das mirações do mar

Quero mirações perto do mar do meu mundo Quero estar contigo Quero confiar em tua sombra Crer em tua pele Quero ventos secando o que pouco a pouco vou perdendo do que fui Estou na maresia dos teus lábios, e … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Espelho do outono

Publicado em Uncategorized | 3 Comentários

Descanso entre as redes

Publicado em Uncategorized | 5 Comentários

Tentáculos

Publicado em Uncategorized | 6 Comentários

Aprazível refrescância

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Rio Uruguai

DEDICO ÀS GENTES QUE SE BANHAM NOS BRAÇOS DA BACIA DO RIO URUGUAI. Rio Uruguai! Vens correndo nas suas águas Nem tão mansas Nem tão bravas Vermelhas águas descendo a caminho do seu mar!   Vens correntezas nos verdes da … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 9 Comentários