Continuum

É viola mal tratada em minhas mãos

É canção laminada em canivete

É corte de sangue, rasura na cara

É armadilha do porto, terreno vadio, superfície do gueto

É resquício sujo da noite

É fuligem de máquina, veneno de cobra, coração traído

É poema malvado, verso de sombra, demônio nos olhos

É pedra quebrando, desejo acreado, desenho de dor

É conversa mesquinha, medo furioso, molotov voando

É medo no asfalto, covarde fugindo, bandido nervoso

É pureza violada, caminho perverso, encontro tedioso

É briga de rua, conversa de esquina, carteira batida

É crime de guerra, violência irrestrita, é farda sem honra

São sonhos impuros, fogueiras queimando, histórias sem fim

É jóquei lotado, fortuna perdida, mulher sussurrando

É conta não paga, homem sem teto, ricaço sorrindo

É bala no peito, velório sem flores e céu desabando.

Anúncios

Sobre Poeta da Garrafa

Sou o Poeta da Garrafa. Odilon Machado de Lourenço nascido no pampa, ventado em minuanos, procurador de esmos e lonjuras. O que busca caminhos e olhos, palavras e sonhos. O que segue no claro do sol e da lua, o que navega e silencia à beleza. O que lavra a terra, águas e céu, plantador de passos, horizontes, sementes de amor e ternura. O que vai a colher miragens, tomar sombras, redemoinhar sem leme. Sou a distância dos dias e das noites que andam comigo contemplando o mundo. Sou brumas revoadas pelo som das auroras, amanhecido de velhas histórias e delírios. O veio, o nascedouro de uma loucura, mas sou sublime se contemplares meus olhos e ouvir meus sentidos. Sou folheador de paisagens, miscigenado brasileiro da Latino América, ouvidor de marulhos e brisas, caçador de estrelas. Olhador de fogueiras, enritmado de blues, samba e versos. Sou uma deriva com porto.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Continuum

  1. palhao disse:

    Olá, Odilon.

    Fantástico poema 🙂
    Tristes realidades…

    Com sua licença, compartilho minha obra “30 Microcontos”, grátis na Amazon até 12/05.

    https://lucaspalhao.wordpress.com/2017/05/08/30-microcontos-minha-obra-gratis-na-amazon-ate-120517/

    Um abraço,
    Lucas Palhão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s