De um só desenho

Minha solidão é cheia de imagens

Caminham comigo meus mortos que vem ao meu encontro

pelas veredas do sol e o cristalino da chuva que cai em meus olhos

À noite, no claro da lua o céu engole o mar

E desce na brisa que vem em minha boca o gosto de estrelas

E a Mulher vestida em belezas caminha a meu lado

Convidá-la-ia para o vinho que Ela beberia em lentos

goles pausados em mim

Se forte a brisa, exercitaria meu sopro devolvendo

às Patagônias do mar seus filhos ventosos

E Ela sorriria para mim caminhando a meu lado

Nas profundas madrugadas navegaria águas revoltas

do meu corpo como um barco perdido

E seria aurora acendendo na proa do dia seus seios

ilhados de sonhos

E Ela cantando e calando deitada ao meu lado

Nas montanhas levaria condores a voar em seus olhos

Polens selváticos manchando minha carne seria sua carne

E a neve de cores incríveis pulsando do alto desenhando

os caminhos com Ela a meu lado

Meus ossos seriam o pó em sua sede infindável

E a alma escondida em meu corpo serenando no ar

tocaria sua alma em tempos distantes com mãos enversadas.

Anúncios

Sobre Poeta da Garrafa

Sou o Poeta da Garrafa. Odilon Machado de Lourenço nascido no pampa, ventado em minuanos, procurador de esmos e lonjuras. O que busca caminhos e olhos, palavras e sonhos. O que segue no claro do sol e da lua, o que navega e silencia à beleza. O que lavra a terra, águas e céu, plantador de passos, horizontes, sementes de amor e ternura. O que vai a colher miragens, tomar sombras, redemoinhar sem leme. Sou a distância dos dias e das noites que andam comigo contemplando o mundo. Sou brumas revoadas pelo som das auroras, amanhecido de velhas histórias e delírios. O veio, o nascedouro de uma loucura, mas sou sublime se contemplares meus olhos e ouvir meus sentidos. Sou folheador de paisagens, miscigenado brasileiro da Latino América, ouvidor de marulhos e brisas, caçador de estrelas. Olhador de fogueiras, enritmado de blues, samba e versos. Sou uma deriva com porto.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

4 respostas para De um só desenho

  1. Pingback: escreversonhar

  2. Drika disse:

    Belíssimo!Profundo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s