Arquivo do mês: abril 2017

Trabalhadora

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Desenhos do vento

Imagem | Publicado em por | 4 Comentários

Sobre a justiça

  Há justiça para o pescador, para o mar não há justiça! Há justiça para o campesino, para o sangue não há justiça! Há justiça para o cego, para o sonho não há justiça! Há justiça para o lanho da … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Sereia

Sereia Nas horas atentas ao sol caminha enseierada a mulher Seus cabelos cacheados em ondas de ouro desabando em mar alto transcendem à luz Nos lábios um porto enluado Um tropel de cavalos Uma dança vermelha Na pele neves andinas … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Poema verde

  São verdes teus olhos É verde como o musgo nas pedras Como as roupas trajadas nas árvores Como o mar babilônico que banha o entorno da Ilha É verde o céu noturno em raras vezes de loucura É verde … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Casa de pescador

  Aqui nessa casa de pescador quero que navegue mareseada de luas Quero a noite enredada em cabelos voados por ventos saídos de ti Quero as sardas da tua carne tomando sol na varanda inundada de tardes Nessa casa de … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Achegando-se

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Vão para equinócio

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

De um porto

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Pequenas

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Dia outonal

Imagem | Publicado em por | 4 Comentários

Desenho de lobo

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Isadora Duncan

  “Dançar é sentir, sentir é sofrer, sofrer é amar… Tu amas, sofres e sentes. Dança!” Isadora Duncan Bastava o corpo estar ali O céu alinhar estrelas Ter um palco para sedas Um pulsar rebelde do sonho Ela dançava ao … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Redes

Imagem | Publicado em por | 2 Comentários

Ilha

Imagem | Publicado em por | 2 Comentários

Do homem que enfrentou o mar

  Bravos sais da tempestade arrancai do mar as paciências! Desordena suas vagas em meus olhos Roube os soluços de minhas veias Quebre quilhas, lemes, rasgue velas de veleiros solitários Grande mar trajado de estrelas Avarie o ritmo dos astros … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 7 Comentários

De uma beleza de mulher

  Ela veio assim, um raio de sol a invadir as frestas da manhã Como um desejo antigo ofertado a meus olhos Ela veio assim como um barco que volta do mar Como um olhar a procurar outro olhar Como … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 11 Comentários

Dança do Ar

É leve a brisa pairante assumida pela dança Essa atmosfera de átomos invisíveis pelo Ar Essa cousa intateável de nadas que vem dançar Sonhos planam em tantos ventos indeléveis pelo Ar Habitam no alto voo imagens do iluminar Voam velozes … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Dança da Terra

A voz da Terra dança num mundo sempre a girar Os pés tamborinam a dança que faz da terra saltar A força vem e adentra por entre a sola dos pés Nutrindo sementes boas brotadas da cor da fé Crescem … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 8 Comentários

Dança da Água

  Vai a corrente da Água fazendo voltas na terra Deslizam pelas planícies, montanhas, quênions, crateras… No mar se embala nas ondas ventadas de todo ar Vai ao céu evaporando e ao denso cimo das nuvens retornam frutificar Nuvens de … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários